Como saber se você tem vazamento de água em sua casa?


  1. Caso não tenha faltado água no bairro e a pressão de água esteja normal desde o dia anterior, mantenha todos os registros de passagem abertos incluindo o do hidrômetro, acorde o mais cedo que puder e antes que qualquer pessoa ou você utilizar qualquer torneira ou descarga dos vasos sanitários, corra até o relógio medidor e certifique-se que o mesmo não esteja girando – se estiver nessas condições, é vazamento!

  2. Se o registro do hidrômetro estiver totalmente aberto, ninguém estiver utilizando qualquer dispositivo, as caixas de descargas estiverem cheias, houver tubulação subterrânea e mesmo assim, constatar que está girando devagar, proceda o seguinte teste: feche o registro por pelo menos 20 segundos, em seguida abra-o, se este avançar depressa e em seguida voltar a girar devagar, existe chance esmagadora de que é ruptura na tubulação subterrânea, se continuar na mesma velocidade depois de aberto, cheque a boia, torneiras e principalmente vasos sanitário, pois com certeza um desses dispositivos estão com vazamentos.

  3. Se a conta estiver alta, ou perceber que seu consumo está muito acima do normal, não tente trocar ou pedir aferição do hidrômetro, cheque se não está com vazamentos fazendo os testes dos itens 01 e 02 acima. O seu hidrômetro medidor ou da concessionaria, jamais, eu disse jamais adianta ou marca acima do normal, ele é totalmente mecânico e depende de algo que passe pelas engrenagens para movimenta-los, esta aferido não pela concessionaria e sim pelo inmetro (órgão do governo). Isso não é uma hipótese e sim uma afirmação da qual eu me responsabilizo, em mais de 20 anos de trabalho incluindo concessionarias, nunca vi um relógio medidor, marcar acima do real, a não ser por passagem de ar, mesmo assim dependeu de algo para passar pelas engrenagens.

  4. Se seu bairro falta água, ou tem muito problema com a pressão da água, vale a pena instalar a válvula bloqueadora de ar, certifique-se de instalar esta antes da primeira torneira ou saída de água e de que esta homologada pelo inmetro. A economia pode não chegar ao absurdo que os fabricantes costumam indicar na embalagem ou na propaganda, mas como explicado anteriormente, vai depender da falta de água constante ou da variação abruta de pressão da rede, quanto maior os problemas, maior a economia.

  5. Não subestime sua caixa de descarga, caixa acoplada ou sua máquina de lavar roupa. Acredite, elas gastam muito mais água que você imagina. A lavadora gasta por processo e não por lavagem entre 89 e 145 litros, dependendo da sua necessidade de lavagem sua máquina pode gastar mais do que uma caixa de água num único dia. Se sua caixa de descarga estiver vazando, ela está consumindo no mínimo 300 litros por dia, algumas chegam a 2000 litros por dia, isso também é uma afirmação, se você entende do assunto sabe do que estou falando, se não, apenas ouça meus conselhos e se quiser economizar, os siga.

  6. Se necessitar consertar/revisar suas caixas de descarga e principalmente sua válvula de descarga, o faça com autorizada ou com quem seja certificado no assunto (ou seja, tenha feito o curso e tenha certificado desse curso ou do fabricante), é caro? Experimente consertar com qualquer um! Além do mais esses dispositivos não quebram à toa, nem mesmo todo o ano (a menos que tenha passado pelas mãos de algum curioso ou que ache que saiba consertar), um reparo costuma durar mais de 05 anos e quando novos, pode levar até 20 anos para dar problema, não seja pão duro (para não dizer outra coisa)!

Ricardo Pacheco – Especialista em vazamento e patologias construtivas.

#vazamento #caixadedescarga #valvulas #reparo #contaalta #caixadeágua #hidrometro #registro #medidor #cagepa #teste

0 visualização